Gestão

E o desempenho do seu negócio, como vai?

linha branca separando divs
facebook buton share
whatsapp buton share

Fazer a gestão do desempenho de um negócio no dia a dia não é fácil, em meio a tantos papéis que o empreendedor precisa desempenhar. Seja uma pequena empresa, um negócio individual, ou uma grande empresa. Por isso, vamos destacar alguns sinais de que você está construindo o seu sucesso.

E, se você tem dificuldades para acompanhar o desempenho do seu negócio, acredite, você não está sozinho! Muitos empreendedores passam pelo mesmo desafio na gestão das suas empresas.

pessoas%20reunidas%20em%20torno%20de%20uma%20mesa%20discutindo%20ideiasGestão

Gestão do desempenho: se essa expressão te deixa desconfortável, ou você não sabe do que se trata, presta atenção nessas informações. A saúde e o sucesso do seu negócio estão diretamente relacionados à execução dessas ações.

Você domina as atividades do seu ramo de atuação, faz tudo no seu negócio: comercial, estoque, vendas, marketing…e o acompanhamento dos resultados que todo o seu esforço em todas essas áreas? Como saber quando é o momento de fazer uma promoção, de deixar de vender um produto, de divulgar um novo serviço?

Não existe uma formula mágica para fazer a gestão do desempenho de pequenas empresas, mas monitorar esses sinais fazem toda a diferença!

1 - Você organiza as finanças diariamente?

Parece um pouco óbvio falar sobre a necessidade de um empreendedor observar e controlar o volume de dinheiro que entra e sai do caixa da empresa periodicamente, mas reforçamos que, além de fazer esse controle, é importante saber se o valor das vendas ao longo do mês está de acordo com o previsto para o período.

Por exemplo, você está passando da metade do mês, e as vendas atingiram 40% da meta, sabendo dessa informação, você pode agir para mudar essa situação e melhorar o desempenho das suas vendas.

Se você já faz isso, ótimo, continue fazendo! Se ainda não faz, continua com a gente que tem mais pontos para complementar essa ação!

2 - Você acompanha o valor médio de venda por cliente ou por venda total?

Este acompanhamento é perfeito para saber o quanto seu cliente compra de você. E, se for combinado com mais algumas informações de perfil do cliente (idade, profissão, endereço etc.), você tem uma informação poderosa para direcionar suas ações na gestão.

Você pode monitorar duas informações: o valor médio de venda por cliente e o valor de venda diária, semanal etc. Conhecendo o valor de venda por cliente você vai ter o seu ticket médio. Por exemplo, eu vendo doces, e as pessoas gastam em média R$ 100,00 por encomenda.

Com essa informação eu posso pensar o que posso fazer para subir essa vendas para R$ 120,00, se preciso investir mais em marketing, desenvolver um novo produto.

3 - Você acompanha a lucratividade e a margem bruta do seu negócio?

A lucratividade é o percentual de lucro com base no faturamento. Assim, você consegue saber quanto da sua venda fica como lucro para sua empresa, e consegue pensar em estratégias de descontos e quais produtos priorizar na venda, aqueles que apresentam maior lucratividade.

Junto com a lucratividade você acompanha a margem bruta da sua empresa, que é o percentual de sobra após apurar o custo das mercadorias e pagar os impostos. A margem bruta auxilia na gestão do preço de venda dos produtos e serviços.

Assim, você consegue avaliar o lucro médio mensal em comparação ao investimento realizado, e conhecer a rentabilidade da sua empresa. Conhecendo a rentabilidade, você pode comparar com a rentabilidade de outros tipos de investimento, como uma poupança, por exemplo.

Ainda com essas informações, você pode conhecer o prazo de retorno do seu investimento na empresa, estimar em quanto tempo a atividade desenvolvida se paga, e essa informação resulta do investimento dividido pelo lucro médio mensal.

4 - Você estabelece metas para períodos de tempo definidos?

Falando de metas…é importante ter metas ousadas, mas possíveis de alcançar. Desenhar metas mensais, trimestrais, para seis meses ou até um ano é essencial para o seu sucesso. E, além de definir essas metas, acompanhar a execução dessas definições constantemente é muito interessante.

A recomendação é acompanhar faturamento e ticket médio diariamente, lucratividade e rentabilidade mensalmente. Assim, caso os resultados não estejam próximos das metas definidas, é possível agir para melhorar o desempenho do seu negócio. Planejar é importante, mas no dia a dia podem surgir imprevistos com os quais você precisa lidar, e aí o planejamento permite identificar esses imprevistos para que a ação seja a mais efetiva possível.

Ter as metas traçadas em um plano de negócios, um plano de ação em médio prazo e longo prazo, monitorado ao longo do tempo, resulta ainda em informações para comparação do desempenho de um período em relação aos anteriores . Assim, você consegue saber se o seu projeto está dando certo! Se você está acompanhando até aqui, chegamos no Quinto sinal de que você acompanha o desempenho do seu negócio e tem muitas chances de sucesso!!!

5 - Você monitora e revisa as metas definidas?

Dependendo da complexidade e tamanho das suas atividades, o acompanhamento pode ser feito em planilhas de excel. Com o passar do tempo, você pode investir em um software para organizar e analisar as informações, existem opções de sistemas bem acessíveis. Assim, você ganha agilidade para acessar as informações e tomar decisões como cortar gastos, por exemplo.

Além de acompanhar o desempenho presente, uma visão de longo prazo possibilita agir hoje para alcançar estratégias futuras. Por exemplo, rever produtos ou serviços com baixa margem de lucro, ou processos caros que podem ser substituídos por opções mais baratas, como terceirizar uma parte da sua produção.

Agora que você já sabe avaliar o desempenho do seu negócio, veja como podemos te ajudar nessa missão!

pessoas%20em%20um%20escrit%C3%B3rio%20comemorando%20unindo%20as%20m%C3%A3osSucesso!

Parabéns, você chegou até aqui!

E aí vai um plus para tudo que foi descrito até aqui: estude, conheça o mercado em que você atua! Estar atento às tendências e ações da concorrência, o volume de vendas médio no setor, política de vendas das empresas, estas são informações que fazem a diferença no sue sucesso!

Com a organização e registros de todas as receitas e despesas, formalização das retiradas de dinheiro da empresa por meio de pró-labore ou distribuição de lucros, acompanhamento do fluxo de entrada e saída de dinheiro por meio do caixa e contas bancárias, você acompanha a evolução do seu negócio e do seu patrimônio! E, lembre sempre de não misturar seus gastos pessoais com as finanças da empresa!

E aí, já está cheio de ideias para colocar em prática no seu negócio? Se ficou com alguma dúvida, tem vontade de fazer e não sabe por onde começar, nós da Santa Contabilidade podemos te ajudar!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E
GANHE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

A contabilidade mudou bastante nos últimos anos, indo muito além de resolver burocracias típicas de um negócio, e se tornando uma poderosa ferramenta de gestão.

Escrito por

Flávia Souza, contadora e professora

A contabilidade mudou bastante nos últimos anos, indo muito além de resolver burocracias típicas de um negócio, e se tornando uma poderosa ferramenta de gestão.

Curtiu? Compartilhe

whatsapp buton share
facebook buton share

Gostou? Deixe seu comentário

POSTS RELACIONADOS

E o desempenho do seu negócio, como vai?
Infoprodutor precisa emitir nota fiscal?